parallax background

Hoje é o Dia Sem Dieta! Vamos celebrar?

Exposicao Abril Setubal Featured
Abril e Zeca Afonso para ver até 25 de maio
3rd May 2019
Setubal Serra da Arrabida Featured
Setúbal deixa-o sem respiração?
7th May 2019
Publicidade
Vertigem MREC #3
 

Hoje é o Dia Internacional Sem Dieta. E nós, como adoramos todas as desculpas para justificar a gulodice, vamos celebrá-lo no Cegastradições, o premiado atelier de doçaria regional de Setúbal.


Para começar queremos algo chique e tradicional. Por isso, escolhemos ostras doces (1€) e casca de laranja (2€ por 100gr)! Hoje é dia de festa, de soltar os espartilhos e descoser a boca! Vamos encher-nos de gulodices!

O espaço Cegastradições está na rua Arronches Junqueiro (8) e tem um ritmo muito próprio. Aliás, na porta em vez do horário podemos ler: “Bom dia! Abrimos, quando chegamos. Quando saímos, fechamos. Se está a ler isto e não estamos, é porque não combinámos”.

Ora pronto! Já sabemos ao que vamos, esta é gente genuína. O atelier é o materializar do sonho de Paula Carvalho, ceramista, e Francisca Fráguas, socióloga. Com 54 e 45 anos, são divertidas e muito criativas.

 

Têm o negócio, embrenhado na paixão, desde 2014. Conheceram-se num café de bairro e, conversa puxa conversa, foram percebendo que falavam a mesma língua que é como quem diz tinha um paladar aguçado para doces e uma vontade comum de os fazer. Francisca já tinha criado a marca com a irmã, em 2006, e o caminho estava aberto.


Vieram as formações na Escola de Hotelaria de Setúbal e no Espaço Fortuna, em Palmela, que se juntaram às memórias da tradição e dos doces feitos pela avó de Francisca.


O atelier, onde funciona o laboratório e a cozinha, é aberto ao público em geral, mas não é uma pastelaria. As duas amigas, que nos recebem com sorrisos, promovem degustações com o que houver e aceitam encomendas (932 535 397). Aqui é tudo feito de forma artesanal e com muito respeito pela doçaria regional.

 
 

A laranja de Setúbal é uma presença em muitas das pequenas maravilhas que aqui são produzidas. Está, por exemplo, nas ostras doces ou na torta de laranja. Para fazer esta “bomba”, o atelier retirou 300 gramas de açúcar à receita original,para aliviar as consciências, e junta-lhes um “carradão de ovos”. Não leva farinha e é um doce sem glúten feito com “ingredientes verdadeiros”.


As duas alquimistas recriaram também a torta de laranja de Setúbal com alfarroba e redução de moscatel que é incrível. Cada torta custa 14€, o doce de laranja é vendido a 5.5€, os bolos são a 34€ e não funcionam por peso, mas sim por porção.


Mas talvez seja o Doce na Lata que melhor define esta dupla. Um bolo de laranja e alfarroba, coberto com coalhada de limão e no topo suspiro de laranja e amêndoa. “É uma homenagem à memória da indústria conserveira de Setúbal, à memória de uma história de família, de um bisavô, industrial na Fábrica de conservas, Casimiro e Nascimento - A Predilecta”, explicam as doceiras. Assim como outros, já foi premiado. Aliás o atelier coleciona prémios! O último foi atribuído ao “Amor Salgado”, feito com produtos da região, desde queijo de Azeitão, Moscatel, alfarroba e laranja.

Em Setúbal, além do atelier, os produtos Cegastradições podem ser encontrados na Mítica Lusa (rua do Romeu), na Erva Doce (avenida 5 de outubro), na Bolacha Portugueza (rua Dr.ª Paula Borba) e no restaurante Carnes do Convento (rua Acácia Barradas). Ainda este ano, Paula e Francisca esperam “avançar para Lisboa”.