parallax background

O forno da Prima Chica

27th November 2018
Atelier 2pontos Featured
A arte de porta aberta
26th November 2018
Igreja Sao Juliao Setubal Featured
A igreja que se reergueu três vezes
28th November 2018
 

É uma espécie de santuário para os amantes de comida de conforto. E nesse campo, pecadores nos confessamos.

O Prima Chica abriu em setembro na avenida Combatentes da Grande Guerra, onde antes funcionava o Três 15 dias, que deixou saudades.

Assim que passamos a porta damos de caras com o forno a lenha, de um tom cinza, a fazer lembrar a onix, é hipnotizante… e que bem que cheira. Está aqui o centro de tudo e a chave da maior parte das delícias de que lhe vamos falar a seguir.

As pizzas, as massas e as saladas são os pratos da casa, mas há também bifes e uns pães recheados de comer e chorar por mais, já para não falar nas sobremesas, tudo para acompanhar com uma carta bem composta de sangrias ou duas versões de limonada. Um menú a preceito, para aconchegar o estômago e a alma nestes dias mais frios.

Morada:
Av. Combatentes da Grande Guerra, 40, Setúbal

Preço:

Distancia ao centro:
  • 15%

Folga semanal:
Domingo
O Miguel – Post c/ caixa

É uma espécie de santuário para os amantes de comida de conforto. E nesse campo, pecadores nos confessamos.

O Prima Chica abriu em setembro na avenida Combatentes da Grande Guerra, onde antes funcionava o Três 15 dias, que deixou saudades.

Assim que passamos a porta damos de caras com o forno a lenha, de um tom cinza, a fazer lembrar a onix, é hipnotizante… e que bem que cheira. Está aqui o centro de tudo e a chave da maior parte das delícias de que lhe vamos falar a seguir.

As pizzas, as massas e as saladas são os pratos da casa, mas há também bifes e uns pães recheados de comer e chorar por mais, já para não falar nas sobremesas, tudo para acompanhar com uma carta bem composta de sangrias ou duas versões de limonada. Um menú a preceito, para aconchegar o estômago e a alma nestes dias mais frios.

Morada:
Av. Combatentes da Grande Guerra, 40, Setúbal

Preço:

Distancia ao centro:
  • 15%

Folga semanal:
Domingo
O Miguel – Post c/ caixa

“Foi tudo pensado por mim, adoro coisas antigas, sempre adorei”, diz Paulo Fragoso, o proprietário, que se sente em casa e nos faz sentir da casa.

A decoração, vintage, a lembrar a casa da prima, combina com o conceito. Há várias salas, com diferentes ambientes e, entre o mobiliário de madeira, encontramos apontamentos escolhidos a dedo. Fora de portas, está a convidativa esplanada. Se estiver sol, nem que seja um bocadinho, é de aproveitar!

Começámos com uma salada pesto (8.30€), mas há também de presunto e parmesão (7.80€), tomate e feijão (7.30€) e a de queijo mel e nozes (7.80€). Assim que chegou à mesa conquistou-nos o olhar. O tomate, a rúcula, o queijo mozzarella, conjugados com pesto, pinhão e manjericão fazem pura poesia. De cores lindas e vibrantes e sabor intenso e fresco.

 

Na lista de petiscos, há ainda camarão ao alho e malagueta (11€), cogumelos recheados (5.5€) ou choquinhos (8€).

Enquanto a lenha crepitava no “forni visciano”, escolhemos uma pizza Chica (11.5€). Com massa fina e crocante no rebordo, é uma delícia. O salame picante dá um toque arrojado à composição que, alinhada com mozzarella, molho rosa, cogumelos e raspas de parmesão, atinge o equilíbrio. Há pizzas a partir dos 7.5€ para todos os gostos.

No que respeita a massas, a Prima Chica serve as clássicas (bolonhesa, carbonara, lasanha, cannelloni). O bife pode ser de mostarda, pimenta ou gorgonzola. E os pães, entre os 3.70€ e os 4.70€, são uma explosão de sabores (e calorias, mas isso agora não interessa nada). Pode escolher entre o branco, o pesto, o pancetta, o nono, o picante e o chouriço.

 

Para sobremesa, rendemo-nos à pavlova de frutos vermelhos. DI-VI-NAL. Natas leves, doces e frescas, framboesas e mirtilos ligeiramente ácidos e um coulis (puré de fruta) doce que liga em harmonia com o crocante da base.

Para beber escolhemos uma limonada tradicional (1.80€ o copo), mas também há de morango. Se for para as sangrias prepare-se para um festim, há de limão, morangueira, tinta silvestre e rosa canela roxa (o litro ronda os 10€).

“Espero que corra bem”, desabafa Paulo, antes de sairmos. Nós também. Queremos voltar uma e outra vez. Ainda há tanto para provar! Nós confessámos os pecados logo no início, não foi?