parallax background

Pastel de Choco
A combinação improvável

13th Setembro 2018
Rodizio Peixe Assado Featured
Todo o peixe que conseguir comer por 12€
12th Setembro 2018
Licor Arrabidine Lima Fortuna Featured
Segredos
Lima Fortuna
14th Setembro 2018
 

Fazer um doce com choco parece uma missão impossível. Mas esta combinação é tão improvável quanto deliciosa. Ainda não teve coragem para provar o Pastel de Choco? Não sabe o que tem andado a perder...

Esta é uma das mais recentes invenções do doceiro Nuno Gil e resulta de um desafio feito pela Câmara Municipal de Setúbal a propósito do Festival do Peixe. A ideia era criar um doce que tivesse peixe na sua composição. Difícil, não é?

Mesmo a quem se dedica à pastelaria de corpo e alma e conhece bem os sabores da região, a proposta pareceu “arrojada”. E era, mas Nuno Gil deu-lhe a volta e pegou no prato mais identitário de Setúbal e transformou-o numa especialidade da doçaria regional. “Nunca imaginei fazer nada assim”, confessa.

O recheio é feito à base de batata doce da Comporta e leva também amêndoa

 

É na massa, fina e estaladiça, que está o choco. A tinta do molusco foi usada como corante natural. Bem pensado, não é?

“Se olharmos ao nosso redor, com imaginação, é possível ter variedade na doçaria respeitando os produtos da região”, diz Nuno Gil.

Na primeira dentada sente-se de imediato a maciez e a doçura da batata da Comporta que se mistura com a crocante massa exterior. A tinta de choco é levemente salgada, mas não interfere no sabor. O equilíbrio entre os opostos é sublime e discreto. “É a desconstrução de uma ideia, fazer um doce com peixe”, afirma o pasteleiro responsável por outras delícias como o Pastel de Ginja, o de Moscatel ou a Queijada do Anjo.

O Pastel de Choco custa 1.30€ e pode ser saboreado na Casa da Baía (avenida Luísa Todi) e na petisqueira Sem Horas (Largo da Misericórdia)