parallax background

Pérola da Mourisca
Joalharia gastronómica

Vamos Bocagear?
15th September 2018
Joao Maria Featured
Entrevista
João Maria
Setúbal a cores
18th September 2018
 

Amândio e Miguel Almeida são as duas faces da concha que envolve a “Pérola da Mourisca”.


O primeiro é dono da cozinha, o segundo é quem manda na sala de refeições. Os dois irmãos recorrem às receitas da mãe e servem, à beira Sado, petiscos que são autênticos bijous.

Podiam ser uma dupla romântica da música portuguesa, mas não… Decidiram que o que queriam mesmo era arrebatar corações conquistando-os pelo paladar! E ainda bem.

Não conhecemos os dotes musicais dos manos Almeida, mas já provámos os seus petiscos e estamos rendidos.

Pérola da Mourisca

Morada

Rua da Baía do Sado 9, Mourisca

Telefone

(+351) 265 793 689

Preço
Publicidade
Vertigem MREC #1

Amândio e Miguel Almeida são as duas faces da concha que envolve a “Pérola da Mourisca”.


O primeiro é dono da cozinha, o segundo é quem manda na sala de refeições. Os dois irmãos recorrem às receitas da mãe e servem, à beira Sado, petiscos que são autênticos bijous.

Podiam ser uma dupla romântica da música portuguesa, mas não… Decidiram que o que queriam mesmo era arrebatar corações conquistando-os pelo paladar! E ainda bem.

Não conhecemos os dotes musicais dos manos Almeida, mas já provámos os seus petiscos e estamos rendidos.

Pérola da Mourisca

Morada

Rua da Baía do Sado 9, Mourisca

Telefone

(+351) 265 793 689

Preço
Publicidade
Vertigem MREC #2

Fundada em 1979, junto à Herdade da Mourisca, conhecida pelo Moinho de Maré (que merece uma visita), esta cervejaria é também especialista em marisco.

Se puder, venha sem pressa e acompanhado. É que as coisas boas são ainda melhores quando partilhadas e este é um dos lugares perfeitos para o fazer.

Para começar, experimente a manteiga de ovelha que muitos pensam que é queijo devido à textura e sabor forte. Barrada em pão da Lagoinha é uma delícia.

Logo depois começam a chegar à mesa os petiscos. De cores vibrantes e sabores a condizer, são como pedras preciosas. Únicos e diferentes. Recomendamos os pimentos recheados com sapateira e os ovos de codorniz. Um é pouco, dois são suficientes e três não são demais. Quase como na “Canção do Beijinho”, de Herman José.

 

No entretanto pode fazer uma pausa e beber uma imperial na esplanada para depois se perder no contraste de tons e texturas dos ovos com espargos. Já os cogumelos ao alhinho são muito bem temperados e extremamente macios.


Se ainda for capaz, peça berbigão na chapa e sinta o sabor a mar e a frescura do sumo do limão.

 

Para terminar em beleza, aconselhamos as vieiras. Perfeitas na forma e adocicadas no sabor.

Se encomendar, pode ter à sua espera uma imperdível massa de sapateira, arroz de marisco ou bacalhau com broa e grelos.

Saímos da Pérola da Mourisca a pensar que afinal os irmãos Almeida, inspirados na natureza e nos sabores tradicionais, se dedicam a uma nova forma de arte: a joalharia gastronómica!